Saiba mais
Idioma
Menu
Menu
Idioma

Quais os pneus indicados para fazer o próximo upgrade na sua mountain bike?

26 MAR 2019 - 00H00 | ATUALIZADA EM 26 MAR 2019 - 12H51

Quem pratica cross country está sempre pensando em um upgrade para a bike. Seja para diminuir o peso ou aumentar a performance – ou às vezes os dois juntos -, quem pedala quer sempre algo de novo. Entre todos os incrementos possíveis em uma mountain bike, um deles é fundamental. Afinal, são o contato direto do ciclista com o chão: os pneus. Em parceria com a Kenda vamos apresentar 3 modelos específicos para dar um up na sua bike, dependendo do seu objetivo.

Muitas vezes deixados de lado, especialmente por iniciantes que não dão a devida importância a eles, os pneus são fundamentais. Podem se tornar seu melhor amigo durante a pedalada, mas também podem trazer diversos aborrecimentos se estiver utilizando errado.

Diferente do que muita gente pensa, grandes empresas multinacionais como a Kenda possuem laboratórios de tecnologia completos, com profissionais capacitados e pilotos de testes para produzir o melhor pneu possível para os apaixonados por mountain bike. Mas qual é o melhor para a sua bicicleta?

“Antes de tudo é preciso saber qual o seu objetivo e qual a sua utilização da bike. Não adianta você comprar um pneu específico para trilhas se você pedala muito mais em estradões, por exemplo”, explica Gilberto Alves, analista de produtos da Isapa, distribuidora oficial da Kenda no Brasil.

Aliás, neste caso vale uma breve explicação dos conceitos: no mountain bike, estradão são aquelas vias de terra super tradicionais de norte a sul no Brasil, onde em grande parte das vezes as bikes dividem espaço com carros, cavalos e outros meios de transporte; trilhas e single tracks são trechos mais fechados, em terrenos mais acidentados, onde em geral só passa uma bike por vez.

Confira abaixo três dicas de pneus para o seu próximo upgrade:

Se você pedala de 80% a 90% em estradão
Caso você seja como a maioria dos mountain bikers brasileiros e pedale a maior parte do tempo em estradões, para diminuir o peso da bike e ainda melhorar a performance, o pneu tubeless Kenda Saber Pro é uma excelente opção. Ele pesa apenas 535 gramas.

Projetado pelo corpo de engenharia da fabricante taiwanesa para ser o pneu mais rápido e mais leve do mercado, ele é o primeiro na nova geração de pneus de cross country da Kenda. O que torna isso possível é a tecnologia com composto de borracha R3C, exclusivo para pneus de alta performance.

“Este pneu é o ideal para quem quer derrubar o peso da bike. Além disso, vai trazer muitas vantagens na hora do pedal: aumenta incrivelmente a rolagem da bicicleta, proporciona uma pedalada mais solta e tem uma aderência muito boa no solo”, explica Gilberto.

Com lateral em kevlar e preparado para a tecnologia tubeless, o Saber Pro possui cravos mais baixos na rolagem central e mais altos na lateral, o que permite uma tração na medida certa, deixando o centro livre pra rodar. A calibragem indicada pela Kenda é de 30 PSI.

No Brasil, ele está disponível nas medidas 27,5”x2.2 e 29”x2.2 (em breve novas opções) e tem valor sugerido de venda a R$ 299,00

Se você pedala 60% a 70% em estradão
Para quem quer um pneu com um pouco mais de aderência e tração, mas não quer perder muito em rolagem, a Kenda traz uma novidade. A marca acaba de lançar o Booster, que além de ser uma das melhores opções para estradões vai muito bem nas trilhas técnicas e circuitos de XCO – daquele tipo que tem muitas frenagens e subidas curtas e rápidas.

O Booster foi projetado para ser um dos pneus mais leves e rápidos do mercado. Ele pesa 604 gramas e está disponível na medida 29”x2.2. A edição especial de lançamento traz um diferencial. O kit vem com o pneu, mais um tubo de selante Kenda (fabricação da Notubes), fita de conversão e bico para tubeless.

O preço sugerido do kit de lançamento é de R$349,00.

Se você pedala 50% em estradão e 50% em trilha
Com cravos mais espaçados e mais altos em comparação ao Saber, o Honey Badger XC Pro é ideal para quem pedala metade do tempo em trilhas e single tracks. Por conta desta diferença nos cravos mais altos, ele penetra melhor no solo garantindo performance superior em trechos técnicos e acidentados.

Este pneu foi desenvolvido para ser agressivo o suficiente em solos com barro e lama, para rodar suavemente em terrenos rochosos e ser o pneu de mountain bike que encara todas as situações.

“Até existem pneus um pouco mais leves no mercado, mas eles são muito específicos para um tipo de terreno ou outro. Ou então são muito frágeis para encarar terrenos um pouco mais acidentados. O Honey Badger é leve o suficiente para tirar peso da bicicleta e preparado para qualquer terreno dentro do cross country”, complementa Gilberto.

Na construção, o Honey Badger é produzido com dois tipos de compostos diferentes, a tecnologia Dual Tread Compound: composto mais duro na banda de rolagem; e um mais macio nas laterais, combinando proteção contra furos, baixa resistência à rolagem e tração nas curvas.

No Brasil, ele está disponível nas medidas 27,5”x2.2 e 29”x2.2 e tem valor sugerido de venda a R$ 299,00.